Visualizar:

▼ Postagens (31)
  • Sobre o Amor.

    19

    Abr
    19/04/2012 às 13h32

    Amor é uma das palavras mais faladas nos dias em que vivemos, falamos tanto de amor que acabamos esquecendo o verdadeiro sentido desta palavra tão pequena que nos traz tantas questões nos dias em que vivemos. Mas o que sabemos sobre o amor?

    Quando falamos de amor, sempre nos vem a cabeça uma pessoa, Jesus. Mas o que Jesus falava sobre amor nem sempre é aceitável aos nossos dias, pelo menos para nossa sociedade em questão. Ele dizia coisas que quando olhamos para nossas vidas parece difícil de se compilar, Ele insistia em dizer que devemos amar ums aos outros como nos amamos a nós mesmos, e quando passamos a entender este tema ele vai mais a fundo e diz que temos que amar nossos "inimigos" também. É  incompreensível o fato de amar certas pessoas que vivem em nosso meio hoje, é difícil amar um estuprador, um assassino, alguém que nos humilha, pessoas que querem ver nossa derrota etc...

    Pesquisando descobri que o novo testamento foi escrito por gregos que usavam várias palavras para expressar o que é o amor e suas várias formas.

    Eros - É o amor que caracteriza nossos institutos físicos, é o que expressa nossa atração sexual, é dele que se deriva a palavra "erótico".

    Filos - Amor fraternal, caracteriza-se nas relações sociais que vivenciamos, é amor recíproco, o amor que é mostrado quando se é recebido "eu recebi amor então expresso amor", este tipo de palavra é sempre expressado nas questões de amizades. Mas é um amor pouco duradouro, pois no momento em que se gera o primeiro atrito entre dois seres este amor é extinguido quase que instantaneamente.

    Storge - Amor por família e membros, também não vemos duração neste amor, quantos familiares que deixaram de conviver entre si por falta de compreensão e entendimento, não somos iguais, nem mesmo em família, e não conseguimos lhe dar com isso muitas das vezes.

    Ágape - finalmente o amor que é mostrado por Jesus e ensinado por ele, é o amor incondicional, o amor sem fronteiras, o amor deliberado que não exige nada em troca para ser demonstrado.

    Quando Jesus fala sobre amar no novo testamento, ele fala sobre o amor demonstrado em atitudes e comportamento, não o sentimento do amor em si. Nós não precisamos supor que pessoas ruims não sejam ruins, nem exigir livramento sobre certas atitudes, o que ele quis nos dizer é que devemos nos comportar bem em ralação às pessoas. Não preciso tratar mal alguém só porque sei que ele não é uma pessoa de caráter duvidoso. Quantas esposas não conseguem amar seus maridos mas nem por isso decidem abandoná-los, quantos maridos dizem amar suas esposas mas muitas vezes estão em lugares atrás de novas aventuras sexuais.

    O que Jesus nos ensinou foi que não precisamos ter um mal comportamento em relação às pessoas que temos desafeto, mas podemos sim mostrar um comportamento que demonstre o amor que está em nós mesmos. não julgando, não criticando de forma a querer humilhar, não prejudicando de forma deliberada, não fazendo maldade mas sendo justo.

    Amor é generosidade, bondade, perdão, humildade, respeito, compromisso, etc...

    para finalizar coloco aqui um texto da carta de Paulo aos coríntios que nos traz à luz algo sobre o amor.

     

    1 Coríntios 13

     

     

    O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.

    Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;

    Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;

    Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.

    1 Coríntios 13:4-7

  • Discussão sobre Deus

    18

    Abr
    18/04/2012 às 09h08

    Hoje tivemos uma grande discussão no café da manhã sobre a existência de Deus. Um de meus amigos como cético entrou para dialogar sobre as idéias que ele tem sobre a criação, a vida no cotidiano e um provável futuro que ele acredita. Me apareceu a seguinte pergunta:

    "vale a pena acreditar em Deus?"

    Quando esta pergunta me foi feita eu pensei no quanto as religiões estão errando em relação à crença que se estabeleceu nos corações das pessoas. Muito se ver falar sobre um Deus que dá e que faz milagre, mas pouco se fala que nossas atitudes é que realmente fazem a diferença. Assim cheguei a conclusão de que nenhuma religião na verdade faz questão de provar a existência de Deus, mas fazem questão de falar que existe um Deus que faz milagres e dá coisas as pessoas. Mas as atitudes dos próprios cristãos não condizem com quem diz acreditar em um Deus,  e isso é que traz a dúvida no coração dos céticos.

    Talvez em um dia, onde as pessoas realmente entenderem que as atitudes e ações é que vão mostrar a existência de Deus, não haverá tantos céticos em discussão sobre a existência do mesmo.

  • Voltei a publicar.

    18

    Abr
    18/04/2012 às 08h12

    <span style="font-family: "Verdana","sans-serif"; color: black; font-size: 7.5pt;">Hoje volto a postar no blog.

    <span style="font-family: "Verdana","sans-serif"; color: black; font-size: 7.5pt;">Depois de um bom tempo em que passei por alguns acontecimentos (bons e ruins) decidi voltar a expressar algumas ideias e aprendizagens que tenho passado durante meus dias.

    <span style="font-family: "Verdana","sans-serif"; color: black; font-size: 7.5pt;">Espero que todos possam comentar e participar dos posts alocados aqui.

  • Apenas Comentando

    31

    Ago
    31/08/2011 às 08h35

    Graça e paz a todos.

    hoje acordei e como sempre abri alguns sites de noticias do mundo cristão para ver como andam as novidades, para minha surpresa achei algumas notícias que me deixaram bastante conturbado em relação ao caminho que o pensamento cristão está tomando. A primeira delas foi a notícia de que uma mãe orou a Deus e ao diabo e após isso cortou a cabeça do próprio filho de 5 anos de idade. Gente isto é chocante, quando pensamos que esta loucura aconteceu pelas mãos de uma pessoa que está sempre dentro da igreja me deixa ainda mais assustado. Sim meus queridos, estamos vivendo em dias em que as pessoas estão cada vez mais loucas em suas ações e ainda mais fanáticas com algumas coisas, agora até crimes tem como pretexto a "vontade de Deus". Onde vamos parar desta forma..

    A segunda noticia que li foi a que um grande teólogo americano está bolando um plano para que o papa seja o representante de todas as igrejas cristãs da terra, incluindo as que pertencem ao movimento protestante, na entrevista ele expressou a vontade de executar este plano antes de 2017, ano em que o movimento protestante completa 500 anos. Era só o que faltava, lutamos tanto contra algumas ideias que estão em desacordo com a palavra de Deus e vem um cara e quer colocar como líder de todas as igrejas um homem que não está nem um pouco dentro daquili que a bíblia pede como sacerdote divino. Desculpe-me alguns que acreditam que o papa seja um líder religioso, mas eu não vejo ele como um homen que realmente tem santidade e sabedoria para representar o povo que segue as doutrinas de cristo, pois ele mesmo está contrário a muita delas.

    Cada dia me assusto mais com o pensamento e o caminho que a humanidade está seguindo.

    O que nos resta é apenas aguardar que o plano divino seja posto em prática e que tudo isso que não vem de Deus seja exterminado e que apenas a vontade dele prevaleça acima de tudo.

  • Igrejas Inclusivas

    22

    Ago
    22/08/2011 às 10h33

    Igrejas Inclusivas
     

    Hoje venho falar sobre um dos assuntos mais polêmicos em nossa sociedade. Assunto este que tem tirado o sono de muita gente no meio cristão e também no não cristão.

    Estamos vendo cada vez mais o crescimento das igrejas que se auto-denominam Inclusivas dentro da sociedade, mas vamos estudar um pouco como tudo isso começou...

     

    Há um bom tempo os homossexuais vem "sofrendo" com a não aceitação de seu estilo de vida dentro das igrejas cristãs "tradicionais" por assim dizer. Algumas demonstram o verdadeiro sentimento de rejeição a estas pessoas e insistem em não aceitá-las como membros. Outras tem a prática de aceitar, porém esta pessoa não pode fazer parte de nenhuma atividade que seja exercida pela igreja e ainda é ensinada que a prática do homossexualismo é considerado pecado e pode receber como punição conseqüências desastrosas para a vida futura. Em cima deste fato desde o ano de 1990 começou-se a ser criado um grupo de igrejas chamadas de "Igrejas Inclusivas" que tem como inovação o fato de terem homossexuais nas posições de comando como pastores, presbíteros, diáconos, reverendos etc.

    No ano de 2008 um antropólogo chamado Marcelo Natividade defendendo uma tese de doutorado afirmou que "ser gay dentro de uma igreja conservadora é uma impossibilidade, não há lugar para essa pessoa, a menos que ela venha a aderir à norma e se torne ex-homossexual".

    As igrejas inclusivas fazem seus cultos de maneira parecida em comparação às outras igrejas, porém com algumas inovações, um exemplo disso são apresentações de rapazes que em performances drags dublam cantoras evangélicas.

    Ao meu entendimento este movimento é apenas uma maneira que alguns acharam de colocar um pano por cima daquilo que é condenado pela palavra de Deus, aqueles que estudam com afinco a biblia sabem que em vários textos é considerado pecado a prática do homossexualismo.

    segue alguns trechos da biblia que tocam neste assunto.

    Romanos 1:26-27 - Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contacto natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro.

    1 Coríntios 6:9-10 - Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas . . . herdarão o reino de Deus.

    As igrejas cristãs em sua maioria tem uma posição firme em relação ao assunto, lançando mão de argumentos psicológicos, científicos, sociólogos e éticos pois é na bíblia que se baseiam, e como podemos ver a bíblia se torna bastante clara sobre estas práticas.

    Como cristão e servo de Deus declaro que não condeno o ser humano mas sim suas práticas, seus atos, pois devemos lutar contra aquilo que vulgariza e escandaliza a palavra de Deus.

    chega de aceitar tudo que a sociedade tenta impor e tenta disseminar dentro da sociedade cristã, temos que lutar contra isso, aceitar certas práticas é dizer que a palavra de Deus não tem autoridade e que o mundo pode influenciar em nossas crenças.

    o assunto está aberto a debates...

  • Hipocrisia

    13

    Jul
    13/07/2011 às 21h05

    Hipocrisia

    Hipocrisia:

    "A hipocrisia é o ato de fingir ter crençasvirtudesideiassentimentos que a pessoa na verdade não possui"

    Bom isso é o que diz nos dicionários e enciclopédias. mas porque escrevo sobre isso?

    Simplesmente porque quero apresentar a maior sociedade hipócrita que temos conhecimento nos dias de hoje. Ela se chama...

    ...Igreja Cristâ

     

    Alguns podem até pensar que sou um louco no que falo, mas sei que falo com propriedade, até porque vivo no meio desta sociedade. Esplicarei o porque deste pensamento.

     

    Desde que me converti comecei a estudar a fundo a palavra de Deus, aprendi muitas coisas, tambem enfrentei muitas dúvidas, e quando temos dúvidas recorremos aos nossos líderes religiosos que "sabem" bem mais do que nós. Com o tempo descobri que isto não é bem assim, vejamos que escrevi em um post atráz sobre uma sociedade corrupta e sem valores que estamos vivendo, a comunidade cristã deveria lutar contra isso para que possamos ter um mundo melhor, até porque este foi um mandamento do mestre Jesus quando ele disse "Ide e pregai o evangélho a toda criatura...". Claro que neste texto entendemos que devemos falar do amor de Jesus a todos em que convivemos e devemos buscar da vida de pecado aqueles que ainda não conhecem a verdade sobre o mesmo.

    Porém levar as palavras e ensinamentos de Jesus não é somente chegar e falar pra uma pessoa que Jesus a ama ou falar que ela está no caminho errado etc. Jesus deu o maior exemplo de que para fazer a diferença não se precisa muito falar, mas acima de tudo demonstrar aquilo que se fala.

    Agora sim entramos no ponto do post. Quando comecei muinha vida de cristão percebi algo diferente. Percebi que aqueles que pregam os ensinamentos de Jesus na verdade muitas das vezes não são aqueles que exercem o que aprenderam com ele. São pessoas que pregam o amor sem demonstrá-lo, pregam doutrinas sem sequer segui-las, pregam verdades quando são mentirosos, pregam uma vida de santidade quando não vivem uma vida assim e ainda encobertam alguns que estão da mesma forma.

    É triste mas a verdade é esta e constantemente vejo isso claro como um copo de água cristalina, tudo se tornou tão expressivo que nem sequer tentam esconder mais o próprio caráter.

    Em um lugar onde deveria haver união (sim porque todos ali estão unidos para adorar a Deus) se vê discórdia, contenda, inimizade, traição.

    Onde estão os cristãos leais? não estou generalizando, mas todos que leem este post sabem com certeza que isso é verdade. A fofoca se ploriferou dentro das igrejas e poucos tem coragem para enfrentá-la.

    Sei que talvez eu apenas esteja usando este post como sinal de desabafo, mas quero que saibam que apenas digo aquilo que tenho experiencia para expressar.

    As vezes oro e digo "Deus, o que está acontecendo com estes que tanto dizem te amar?"

    Sabe amados. Vejo hoje a igreja dividida em alguns grupos, um grande percentual deles são aqueles que buscam algo na igreja, como se alguem ali pudesse dar algo ou ainda acham que Deus é papai noel  e que tudo que pedem querem receber de uma hora para a outra. Pouco se vê a adoração daqueles que eralmente querem agradecer a Deus pelo dom de viver.

    Outros são os comodistas que estão com a vida em decadencia e sempre dizem que estão passando por isso porque Deus quer assim para que seja provado. Mas vem cá, e as suas próprias ações, onde ficam nesta história? sim, porque se passam dificuldade financeira dizem que Deus quer assim, mas se esquecem que não souberam utilizar o dinheiro que tinham quando receberam, daí é normal passar aperto nesta área e não é culpa de Deus. isto entre muitos casos que não vale a pena comentar.

    Outro grupo são daqueles que querem ver profecias. apenas querem receber uma profecia de benção, parece que a igreja é um show de adivinhações.

    Outros são os que eu chamo de "Religiosos". estes são aqueles que em dias de culto vestem suas roupas e vão para a igreja, depois que termina o culto é como se nada tivesse acontecido, tudo se tornou mecanico. Ir pra igreja na quinta, louvar 3 hinos, orar para as ofertas, orar para a palavra, ouvir a palavra, receber benção apostólica e ir pra casa. É assim que funciona para aqueles que se tornaram apenas "Religiosos".

    Uma pergunta eu deixo a todos que puderem responder neste post.

     

    Se Jesus voltasse hoje e. Qual o percentual da comunidade cristã estaria preparada para recebê-lo?

     

    Ser cristão não é apenas falar, mas sim demonstrar o amor do Eterno que há em seu coração...

  • Valores

    09

    Jun
    09/06/2011 às 13h42

     

    Graça e paz a todos.

    Confeço a voces que este tema anda sobre minha cabeça a muito tempo, porém nunca escrevi sobre ele por ser um tema um pouco polemico.

    "VALORES": O que seria isso em nossa vida?

    Na verdade vivo meus dias com um pouco de receio, pois vejo cada dia mais a sociedade tomando um rumo que não sei se terá volta.

    Quando chamei o titulo de "Valores" eu me referia a valores sociais, familiares, afetivos etc...

    Tá certo que quando lemos tal palavra sempre vem na mente algo material como dinheiro, mas o ponto aqui é outro.

    vemo telejornais todos os dias, e o que estamos acostumados a ver é um monte de destruíção, morte, crimes, desgraças em geral. A sociedade está se alto-destruindo e não concegue perceber o caminho que está trilhando.

    Quando estudei na escola uma materia chamada de Sociologia, aprendi que o ser humano precisa de 3 meios sociais para se tornar uma pessoa melhor durante a vida, elas são: Família, Religião, Escolas.

    O que vemos hoje é que estes 3 ambientes sociais estão sendo destruídos pela sociedade de hoje, não vemos mais a familia ter tanta ênfase na vida da criança e do adolescente, o que torna ele um adulto sem interesse familiar nenhum. Tornando-se uma pessoa fria e sem sentimentos de afetividade, o jovem que não tem convivio familiar não consegue demonstrar valor à familia que vai adquirir no futuro simplesmente porque não teve este sentimento de afeto quando era mais jovem. É aí que vemos o porque que hoje em dia tantas famílias estão sendo destruídas, pessoas que vivem em sofrimento por não ter amor dentro de casa, vivendo uma vida de depressão e desgosto.

    Não vemos tambem os pais ensinando aos filhos o valor de Deus em nossas vidas. Deus ficou em um lugar onde só tentamos acessar a presença dele quando estamos em momentos de sofrientos e desconfortos. Acabamos achando que Deus é um ser que abençoa de qualquer forma e que só precisa ser buscado quando estamos perdendo algo, e tem gente que nem assim pensa N'ele durante a vida.

    Uma criança sem princípio religioso tem uma grande tendencia a não saber o que é certo ou errado e quase sempre não sabe valorizar a vida do próximo, talvez seja por isso que vemos tantas pessoas que não se preocupam com a vida de outros e desvalorizam tanto o direito de vida. É aí que surgem assassinos que matam por tão pouco sem remorço nenhum.

    Quando falo em escola estou me referindo a instituíções de ensino que todos nós passamos um dia. Não se ver mais valor no ensino que uma criança precisa receber, estamos vendo que nossos filhos estão muitas vezes desinteressados com o aprendizado simplesmente porque não aprenderam a dar ênfase no ensino que é repassado, isso porque nem sempre o ensino que recebem é valorizado o suficiente para terem uma educação de qualidade.

    Resumindo, damos tanto valor pra certas coisas fúteis que esquecemos daquilo que realmente é importante. Exemplo disso é quando torcemos para um jogador de futebol que não nos traz benefício nenhum e que ganha milhões as nossas custas e nem percebemos que nossos médicos, professores, pais de família etc. estão ganhando um salário de fome e sem valor nenhum não conseguem ter motivo para proporcionar algo de melhor qualidade para o próximo e/ou para suas famílias.

     

    A pergunta que não se cala em minha mente é: Onde vamos parar com tudo isso? Qual será o futuro de meu filho e meu neto? O que esperar do futuro deste mundo??

  • Provas Dadas Por Deus???

    06

    Jun
    06/06/2011 às 12h59

    Graça e Paz a Todos.

    Hoje venho aqui discutir um assunto pouco discutido nas igrejas de hoje em dia. Na verdade somos ensinados de uma forma e não procuramos saber se é assim ou não...

    O assunto ja está pupblicado no título "Provas Dadas por Deus?".

    Desde quando comecei a frequentar a "sociedade cristã", vejo muitas pessoas que sempre dizem "Deus me colocou na prova", "Deus me colocou no Deserto", etc.. Mas será que Deus quer mesmo que alguem fique na prova, luta ou como dizem deserto?

    primeiro vamos analisar o fato:

    Prova, Luta ou Deserto: sempre está ligado a algum momento de sofrimento, angustia, escasses de algo etc. ou seja, algum momento dificio na vida do cristão.

    este termo é baseado em algumas passagens historicas da biblia como por exemplo o livro de Jó, onde Deus permite que satanás toque na saúde e bens de Jó para ver que ele não negaria ao seu Deus.

    Outra passagem bastante falada se encontra em deuteronomio que diz "Se aparecer no meio de vocês um profeta ou alguém que explique sonhos, dizendo que vai acontecer um milagre ou outra coisa espantosa, e, se acontecer aquilo que ele disse, então ele vai procurar levá-los a adorar e servir deuses que vocês não conheciam. Mas não dêem atenção a esse profeta ou a essa pessoa que explica sonhos. Pois é assim que o Senhor, o nosso Deus, vai pôr vocês à prova, para ver se de fato o amam com todo o coração e com toda a alma. Sigam as leis do Senhor, o nosso Deus; temam a Deus, e obedeçam aos seus mandamentos e dêem atenção a tudo o que ele diz. Adorem somente a Deus e fiquem ligados com ele. E o profeta ou o explicador de sonhos que procurou levá-los a se revoltarem contra Deus será morto. Pois ele procurou desviá-los do caminho indicado pelo Senhor, o Deus que livrou vocês do Egito, onde eram escravos. Matem esse falso profeta e assim tirarão o mal do meio do povo".

    Outro Texto que tambem é usado para defender a teoria da prova dada por Deus se encontra em Deuteronomio 8 que diz "Tenham o cuidado de obedecer a toda a lei que eu hoje lhes ordeno, para que vocês vivam, multipliquem-se e tomem posse da terra que o Senhor prometeu, com juramento, aos seus antepassados. Lembrem-se de como o Senhor, o seu Deus, os conduziu por todo o caminho no deserto, durante estes quarenta anos, para humilhá-los e pô-los à prova, a fim de conhecer suas intenções, se iriam obedecer aos seus mandamentos ou não."

    Vamos aos fatos:

    1° - No texto de Deuteronomio 13 Deus estava falando que se aparecer um profeta e pregar algo contra a palavra de Deus era pra fazer justiça por Deus contra o profeta, mas tambem nos faz entender que Deus permite com que certa pessoa se levante e ate opere no meio do povo para saber se o povo está guardando os mandamentos dele como deverial.

    2° - O texto de Deuteronomio 8 Deus está expressando ao povo que é para eles terem cuidado de obedecer a lei que ele havia passado, e faz recordação ao povo de quando eles estavam no deserto e passaram por dificuldades, onde Deus permitiu que eles fossem humilhados e passaram por dificuldades.

    Analisemos que Deus fala para o povo que se eles guardarem a lei eles viverão, se multiplicarão e viveriam na terra que mana leite e mel que Ele havia prometido aos antepassados deles. Então entende-se que na terra que mana leite e mel não haveria de faltar nada para o povo, desde que eles seguissem os mandamentos do Senhor.

    Daí vem a pergunta: "Deus permitiu que eles fossem humilhados". Claro, Deus queria mostrar pra eles o que eles mesmo tinha no coração deles, para que eles se alto examinassem e se tornassem merecedores da promessa.

    3° - a passagem de Jó é uma passagem específica, não engloba os ensinamentos da bíblia inteira. Quem mais foi tentado pelo diabo à permissão de Deus?, na bíblia nao encontramos mais nenhum. O que eu entendo é que Deus queria dar um exemplo do que é um homem de Fé, sendo que até o Senhor da testemunho da vida de Jó.

     

    Fechando os fatos entendemos que Deus permitiu um povo passar pr momentos de sofrimento para que eles se alto examinassem e se concertassem para se tornar merecedores da promessa, promessa esta que vieram a conquistar em seguida. O que não torna algo que ficou expressivo ate os dias de hoje. Entendemos tambem que Deus permitiu Satanas tentar jó para mostrar a Satanás como aquele homem era fiel a ele, e tambem nos dá um exemplo do que é um homen que anda na presença de Deus sem se preocupar com os bens materiais ou com a propria materia, pois nossa confiança está em Deus e nada mais.

    Em tiago 1:12 está escrito: Feliz é o homem que persevera na provação, porque depois de aprovado receberá a coroa da vida, que Deus prometeu aos que o amam. Quando alguém for tentado, jamais deverá dizer: “Estou sendo tentado por Deus”. Pois Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Cada um, porém, é tentado pelo próprio mau desejo, sendo por este arrastado e seduzido. Então esse desejo, tendo concebido, dá à luz o pecado, e o pecado, após ter se consumado, gera a morte.

     Vemos então em tiago que Deus não tenta ou prova ninguem, sofremos momentos difíceis por causa de nossos proprios desejos e atos.

    No caso do velho testamento são trechos específicos que não servem como base para a teoria de que sofremos porque Deus assim deseja. Ele permite o sofrimento de acordo com nossos proprios atos, ou seja, colhemos aquilo que plantamos, simples assim.

    Ao inves de ficar culpando Deus por momentos de amargura devemos olhar e ver onde estamos falhando ou tomando decisões erradas para poder se colocar no lugar certo para receber a benção.

  • Retorno ao Blog

    08

    Mai
    08/05/2011 às 16h35

    Graça e paz a todos os leitores.

    passei um bom tempo longe de qualquer coisa relacionada a internet e por isso não postei nada.

    mas estes dias estava eu voltando de meu trabalho e o senhor tocou em meu coração para que eu colocasse todas as mensagens que ele me desse no blog, então vou fazer isso. começarei novamente a mexer e postar no blog. espero que possa ter bastante gente comentando e trocando experiencias sobre as coisas de Deus.

     

     

    paz a todos.

  • O Respeito Divino

    22

    Out
    22/10/2010 às 13h04

    "Nada mais angustiante do que o desrespeito ao arrependido"

    Jo 21:17

    <div>Pela terceira vez Jesus lhe perguntou: Simão, filho de João, tu me amas? Pedro entristeceu- se por ele lhe ter dito, pela terceira vez: Tu me amas? E respondeu- lhe: Senhor, tu sabes todas as coisas, tu sabes que eu te amo. Jesus lhe disse: Apascenta as minhas ovelhas.

    Pedro negara a Jesus da forma mais angustiante. O último contato entre Pedro e o Cristo fora logo após o canto do galo. A profecia se cumprira: antes do galo cantar, Pedro negara, três vezes, conhecer ao Cristo; e quando o galo cantou os olhares de Pedro e do Cristo se encontraram... Nada mais restava a Pedro, senão sair para chorar.

    Quando as mulheres, no domingo da ressurreição, foram ao túmulo para embalsamar o corpo de Jesus, encontraram o Anjo, que, após comunicar a ressurreição do Cristo, transmitiu-lhes a missão de comunicar aos discípulos e a Pedro, que o Cristo os encontraria na Galiléia.

    Ao orientar ao Anjo que nominasse a Pedro, Jesus comunicou-lhe que fora perdoado e reincluso no colégio dos alunos do Cristo. Estava de volta ao time!

    Galiléia dos gentios... Jesus reencontra Pedro. Primeiro, comeram, sempre um momento de descontração, ainda que estivessem diante do numinoso manifesto em carne, o que sempre silencia quem quer que seja. O mistério, quanto mais maravilhoso, mais impõe o pausa da reverência. E, então, começa um diálogo inusitado que não surpreende pelo constrangimento natural, mas pelo conteúdo.

    Jesus tem a conversa esperada com seu aluno renegado, mas, para surpresa geral e particular, não toca no assunto. Não inquire sobre os motivos de tal abjeto ato, que, ademais, lhe havia sido avisado com antecedência; não questiona o porquê de não ter pedido ajuda quando teve oportunidade, nem pronuncia o temerário: "eu não lhe disse?".

    Jesus, o Cristo, respeita o arrependimento de Pedro. O Messias quer, apenas, saber se a base para a retomada de qualquer relacionamento continua presente no coração do aprendiz. Se Pedro ainda o amava.

    O mais triste no pecado é perceber que, ainda que por um momento, um amor consumido pelo egoísmo traiu o amor que sustenta vida, o amor por aquele que, na essência, é amado mais que a própria vida.

    Arrepender-se é voltar consternado ao amor que, abandonar leva à perda do sentido da existência. Esse retorno tem de ser respeitado!

    Nada mais angustiante do que o desrespeito ao arrependido. Nada mais terrível do que erro já confessado continuar a ser o assunto de rodas de pretensos irmãos. Nada mais aviltante do que pessoas a quem foi pedido perdão, principalmente, se mentores, ficarem a espalhar o que lhes foi dito no lugar sagrado da confissão.

    A condicão indispensável para se sustentar a sinceridade do perdão ou do amor é o respeito ao arrependimento. Logo, o respeito ao arrependido. A maneira de respeitar o arrependido é o silêncio que dá lugar ao amor. O arrependimento é fruto de dor que o perdão deveria consolar.

    Jesus acreditou em Pedro e lhe devolveu a honra, devolveu-lhe as chaves do Reino. O Cristo sempre faz assim quando perdoa!

    E o surpreendente, tendo como base o cristão moderno, é que os demais apóstolos nunca questionaram o ato do Cristo. Ninguém saiu a contestar Pedro ou a reinvidicar para si as chaves pelo Senhor devolvidas. Ninguém nunca mais tocou no assunto. Não há pecado onde Deus não imputa pecado. O arrependimento tem de ser respeitado. Pedro voltou a ser digno de confiança como o deve ser quem quer que tenha se arrependido.</div></div>

Ver postagens anteriores

Home |  Blog Grátis |  Hospedagem HTML Grátis |  Quem somos |  Parceria |  Anuncie |  Ajuda
Trabalhe no XPG |  Política de Privacidade |  Política de Segurança |  Denúncia © 2004-2016 XPG | Siga esta corrente